MENU

Governo sem previsão para pagamento do décimo-terceiro salário

TERÇA-FEIRA
12 DEZEMBRO
O prazo final para o pagamento do décimo-terceiro salário é 20 de dezembro. Portanto, a oito dias do fim do prazo legal para pagamento do 13º salário dos servidores públicos, o governo do RN não tem nenhuma previsão do pagamento.
O que é certo é o complemento do mês de outubro, cujo pagamento está marcado para quarta-feira (13). O montante é referente ao restante dos salários acima de R$ 4 mil.
O governo vem encontrando dificuldades para reunir os recursos financeiros do 13º salário e do mês do novembro. 
Na semana passada, o Executivo foi obrigado, por força de ordem judicial, a fazer os repasses dos duodécimos dos poderes e aí achou o dinheiro ligeirinho, ligeirinho. Milhões de reais. 

Mulher do governador desabafa e pede respeito à vida pessoal

SEGUNDA-FEIRA
11 DEZEMBRO
A esposa do Governador Robinson Faria, que deixou a Secretaria de Estado do Trabalho, da Habitação e da Assistência Social (Sethas) essa semana, Julianne Faria, fez um desabafo diante da onda de boatos que circulam desde que anunciou sua saída da Sethas. Ela reconhece que está enfrentando dificuldades na vida pessoal, mas pede respeito às pessoas, lembrando que tem três filhos pequenos, um deles, especial. 

Confira o que Julianne escreveu:
“Hoje gostaria de deixar uma reflexão para proteção de todos a Armadura do Cristão! Estou buscando forças na minha fé para entender a maldade de muitos que sentem o prazer de tripudiar da vida das pessoas! Realmente venho atravessando momentos difíceis na minha vida pessoal Mas, independente de ser pessoa pública ou não, existem crianças e uma é especial! Não merecem tanta maldade! A minha vida não é um circo! Será que tudo isso é porque ainda existiu trabalho honesto? Mas, eu creio que o mesmo Deus que me presenteou com meu Gabriel que é um milagre ! Agirá grandemente na vida dos que proferem a rede da maldade! Deixo a minha indignação de quanto a família perdeu o sentido para as pessoas! Respeitem crianças inocentes! Alguns poderiam dizer cale! Mas, tem um ditado que diz quem cala consente e eu seguirei firme nos meus propósitos! Boa noite a todos!”

Prefeito de Monte Alegre antecipa pagamento integral do 13º salário

SEXTA-FEIRA
8 DEZEMBRO
O Prefeito Severino Rodrigues, de Monte Alegre, antecipou o pagamento do 13º salário dos funcionários da prefeitura. Os servidores, claro, ficaram na maior empolgação, sobretudo porque o pagamento antecipado foi feito sem nenhum comunicado prévio. A expectativa, agora, é que Severino determine o pagamento dos salários de dezembro até o dia 30.   

Nem a mulher de Robinson acredita mais no governo do RN?

SEXTA-FEIRA
8 DEZEMBRO
Dezembro começou com um mistério: o pedido de demissão da mulher do governador Robinson Faria da SETAS, a Secretaria que ocupava desde o começo do governo, com muita empolgação e vontade.
Julianne Farias postou na madrugada de quarta para quinta-feira o pedido de sua exoneração. Detalhe: pegou de surpresa até o marido, que deveria estar dormindo nalgum hotel de Brasília.
Quando Robinson se elegeu e anunciou a mulher como secretária, todo mundo estranhou. Ambos são pessoas ricas, Julianne tem em casa três filhos pequenos. Assumir a Secretaria representaria deixar os filhos sob a quarda de terceiros, já que absorveria todo o tempo da mulher do governador.
Mas ela anunciou, na época, que estava indo para o sacrifício por amor e por acreditar no marido.
Agora, com sua saída voluntária, num momento de profundas crises que enfrenta o marido, postando a saída numa rede social, de madrugada, pegando todo mundo de surpresa, estranhou todo o mundo político.
Os babões dizem que a medida é porque Julianne se prepara para, caso Robinson não possa ser candidato à reeleição, ela ocupar o lugar. Mas isso não cola. Ainda falta muito tempo para a desincompatibilização de ocupantes de cargos públicos. Além do mais, se o objetivo do grupo do governador é preparar a mulher para a vaga, o ideal é que ela ficasse no governo até o momento exigido por lei para deixar o cargo e se candidatar. Abandonar o marido e o governo da forma como procedeu, pegou muito mal. 
Todo mundo está a se perguntar o que aconteceu, de fato. 
As más línguas estão espalhando que nem a mulher acredita mais no governo de Robinson.
Mas Robinson não é menino e está trabalhando todo dia para reverter a crise de governo, sobretudo o atraso no pagamento dos salários. 
Só não se sabe como ele irá contornar esta crise, dentro de casa.
Mas, quem entende destas ciências sabe que ele vai contornar, sim. Claro que vai. 
Abaixo, confira o posto em que a mulher do governador avisou que estava por sair. 





Escola Francisco Barbosa realiza 8º Campeonato de xadrez

QUINTA-FEIRA
7 DEZEMBRO
O xadrez, enquanto modalidade esportiva, se usado adequadamente, pode se constituir em um grande aliado da aprendizagem dos alunos. Pensando assim, a Escola Francisco Barbosa vem investindo no Projeto de Xadrez, enquanto inserção pedagógica.
Nesta quinta-feira, 7, dava gosto ver a sala de aula lotada de alunos das mais variadas idades e séries, concentrados nas disputas da modalidade.
A escola, inclusive é referência à nível estadual, já tendo se tornado campeã nos Jogos Escolares em nível regional.
Os professores Mário e Mazinho, sob as supervisão pedagógica de Cilene Gurgel, que mesmo aposentada, ainda está no batente por amor à causa, estão numa empolgação só ao perceberem os resultados excelentes do projeto no desenvolvimento dos alunos.
Abaixo, confira registros da oitava versão do Campeonato de Xadrez do Barbosão, como vem ficando conhecida a Escola. 



Câmara dos Deputados aprova projeto de lei que aumenta a pena para o motorista embriagado que provocar acidente com morte

QUINTA-FEIRA
7 DEZEMBRO
A Câmara dos Deputados aprovou na quarta-feira (6) um projeto de lei que aumenta a pena para o motorista embriagado que provocar acidente com morte. O texto já passou pelo Senado e segue agora à sanção presidencial.
Pela lei em vigor, a punição para quem provocar acidente fatal ao volante é de 2 a 4 anos de detenção, além da suspensão da habilitação. A lei, no entanto, não faz referência ao motorista alcoolizado.
A proposta aprovada inclui na legislação a previsão de punição de 5 a 8 anos de reclusão para o homicídio culposo (sem intenção de matar) cometido por motorista embriagado.
Assim, quem pegar a pena máxima poderá cumprir a punição na cadeia, em regime fechado.
Para os defensores da proposta, a pena máxima atual de 4 anos é muito branda para a gravidade do crime, já que pode ser convertida em prestação de serviços à comunidade.
“Tem muito juiz que não aceita enquadrar como homicídio doloso [intencional] mesmo com o motorista sob efeito de álcool. Considera que é homicídio culposo e a pessoa acaba tendo a pena revertido para cesta básica. A intenção é tornar a punição mais rigorosa”, disse o deputado Efraim Filho (DEM-PB).
O texto original é de autoria da deputada Keiko Ota (PSB-SP) e já havia sido aprovado pela Câmara em 2015. Naquela primeira votação, a pena havia sido fixada entre 4 e 8 anos de reclusão.
Ao ser apreciado no Senado, no fim de 2016, os senadores aumentaram a pena. Por conta dessa mudança no texto, precisou passar novamente por votação na Câmara.

TCE reprova contas de Robinson Faria; indícios de trama no ar

SEGUNDA-FEIRA
4 DEZEMBRO
O dia terminou pior do que começou para o governador Robinson Faria.
O Tribunal de Contas do Estado (TCE/RN) emitiu nesta segunda-feira (04) parecer prévio pela desaprovação das contas anuais do governador Robinson Faria relativas ao ano de 2016. O parecer prévio tem caráter opinativo e segue para a Assembleia Legislativa, a quem cabe reprovar ou aprovar as contas do governador.
O processo foi relatado pela conselheira Maria Adélia Sales, cujo voto foi acatado à unanimidade pelos demais membros da Corte de Contas. Acompanharam a sessão, como representantes do Governo do Estado, o procurador-geral do Estado, Francisco Wilkie Rebouças Chagas Júnior, e o controlador-geral do Estado, Alexandre Santos de Azevedo.
Há no ar um forte indício de uma trama organizada para tirar Robinson da possibilidade de disputar sua reeleição.  

Governo do RN só vai concluir em 13 de dezembro pagamento de outubro dos servidores estaduais

SÁBADO 
2 DEZEMBRO
O Governo do Rio Grande do Norte só vai concluir no dia 13 de dezembro o pagamento da folha de outubro dos servidores estaduais.
Em nota, o Poder Executivo afirmou que paga na próxima quarta-feira (6) os trabalhadores que ganham entre R$ 2.001,00 e R$ 4 mil. Neste grupo estão 21.688 servidores, que vão receber um total de R$ 64,8 milhões.
Já no sábado (9), ainda de acordo com o governo, será paga uma parcela de R$ 4 mil aos que recebem acima desse valor. O restante dessa faixa salarial será pago no dia 13 de dezembro. Concluída esta faixa, a soma será de R$ 138,5 milhões pagos a 21.927 servidores.
Novembro
Em paralelo, o governo efetuou o pagamento da folha de novembro dos servidores da Educação e dos órgãos da Administração Indireta que têm recursos próprios, independente da faixa salarial. Estes receberam seus salários na quinta (30). Neste grupo estão 23.247 servidores, que receberão um montante R$ 50,69 milhões.
Ainda não foi divulgado o pagamento dos servidores da Administração Direta estadual para o mês de novembro. (Fonte: G1). 

Encerrando o ano com diploma e medalha de uma das melhores da escola

SÁBADO
2 DEZEMBRO
Minha filha, Karla Vitória, tem motivos de sobra para terminar o ano letivo assim, sorrindo, livre, leve e solta.
Ao longo do ano, em cada trimestre, ela foi escolhida pela equipe de professores e coordenação pedagógica da escola em que estuda, o Fênix, em Parnamirim, como uma das melhores alunas da série em que estuda e do colégio como um todo. Aprovadíssima já no terceiro bimestre. 
Motivo de orgulho para os pais e seu irmão, que também a ama e protege. 
Em 2018, Vivi parte para mais um ciclo de sua vida. Com foco, determinação e sorrisos, muitos sorrisos.
Beijo, Mainha.  

Nem recitando a Bíblia e entregando casas Temer evita de ser vaiado

SÁBADO
2 DEZEMBRO
Atenção políticos escrotos: evitem as massas. Não está fácil para ninguém, nem recitando a Bíblia.
O presidente Michel Temer foi vaiado durante discurso na cerimônia de entrega de 896 unidades do programa Minha Casa, Minha Vida em Americana (SP). 
Em mais de um momento, os presentes vaiaram o peemedebista enquanto ele discursava. Houve quem gritasse “Fora, Temer”. Quando ele disse que em “18 meses de governo, o Brasil não parou”, a plateia rompeu em vaias.
Depois de falar da melhora econômica do País, o presidente escolheu encerrar o discurso com um provérbio bíblico, que também foi acompanhado de vaias. “Está alguém entre vós triste, orai. Está alguém entre vós alegre, cantai louvores. Eu quero cantar louvores”, disse. (Com informações de Estadão Conteúdo). 

Escola Francisco Barbosa: concerto literário homenageou escritor e artista plástico

SÁBADO
2 DEZEMBRO
A Escola Estadual Professor Francisco Barbosa, em São José de Mipibu, que tem se notabilizado pela realização de importantes eventos de extensão escolar, executou mais uma edição do seu Concerto Literário, na quinta-feira passada, 30.
O artista plástico Flávio, funcionário da escola, foi homenageado com a exposição de várias telas de sua autoria, sobre variadas temáticas.
Quem também foi homenageado foi o escritor Oreny Júnior, que teve suas poesias recitadas. Ele contou um pouco de sua trajetória literária no espaço mais apropriado possível: a biblioteca da escola, cujo acervo conta com importantes obras da Literatura brasileira e mundial.
Durante os três turnos de aula os alunos, sob a orientação dos professores, apresentaram recitais, números de música e dança, num envolvimento bastante legal, que mexeu com toda a escola, animando a conclusão dos projetos de extensão, que durante todo o ano foram muitos naquela escola, sobre os mais variados temas.
Abaixo, confira como foi mais este importante projeto educacional.   












Escola Proeja desenvolve projeto sobre a história de Monte Alegre

SÁBADO
2 DEZEMBRO
A Escola da modalidade de Educação de Jovens e Adultos Prefeito Iarandi Aguiar desenvolveu esta semana um importante projeto de extensão escolar, desta vez contando um pouco da história da cidade. 
Monte Alegre foi retratada em seus aspectos sociais, artísticos e culturais, com destaque para palestras e exposições. 
A coordenação do projeto, que envolveu alunos e professores, foi da professora Andressa Jully Bento.
Abaixo, confira registros do evento na escola onde tenho também o prazer de atuar como professor.






PSDB vai deixar governo Temer, de olho em 2018

QUARTA-FEIRA
29 NOVEMBRO
Cada um pensando em seus interesses particulares. O país que se dane. 
Pré-candidato do PSDB à Presidência, o governador Geraldo Alckmin (SP) confirmou que os tucanos vão desembarcar do governo quando ele assumir o comando do partido, o que deve ocorrer na convenção do próximo dia 9. O tom das declarações de Alckmin incomodou o Palácio do Planalto e levou o presidente do PMDB, senador Romero Jucá (RR), a cobrar respaldo na transição até 2018. O presidente Michel Temer vai conversar com o governador, no próximo sábado, 2, em Limeira (SP), para acertar quando será a saída do PSDB.
O desconforto no Planalto foi provocado principalmente pelo fato de Alckmin dizer que, se dependesse dele, a sigla nem teria se aliado a Temer. “Eu sempre fui contra participar do governo. Acho que não tinha razão para o PSDB participar, indicar ministro”, afirmou o governador.

Professora da UFRN defende legado de Paulo Freire no Senado Federal

QUARTA-FEIRA
29 NOVEMBRO
A professora da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Marlúcia Paiva, esteve debatendo, nesta terça-feira, 28, uma sugestão apresentada pelo portal e-Cidadania que quer retirar do filósofo e professor Paulo Freire o título de Patrono da Educação Brasileira. 
A proposta teve mais de 21 mil assinaturas de apoio e, por isso, foi enviada para análise da Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH). 
Para discutir a proposta, a senadora Fátima Bezerra (PT-RN) solicitou uma audiência pública. A senadora disse ter ficado assustada com o teor da sugestão legislativa, que, segundo ela, demonstra a atual polarização política do país. Para o senador Cristovam Buarque (PPS-DF), as pessoas que fizeram a sugestão não têm conhecimento sobre os avanços promovidos por Paulo Freire no sistema de ensino do país.
Marlúcia foi enfática em defender o legado de Paulo Freire, que teve destacada atuação na Educação nacional, tendo desenvolvido no Rio Grande do Norte, mais precisamente em Angicos, um importante programa de Educação de Jovens e Adultos. 
A professora potiguar esteve ao lado de outras autoridades no assunto, à convite da Comissão do Senado Federal. (Com informações do Senado Federal).  

Artigo Padre Matias Soares: A Reforma Eclesial e a Revolução Global de Francisco

SÁBADO
25 NOVEMBRO
A Reforma Eclesial e a Revolução Global de Francisco
A Igreja Católica está vivendo uma fase de travessia grandiosa da sua história. Não a das honrarias, glorificações e das acidentalidades da mundanidade. Não! O que está em questão é a radicalidade do Evangelho e retomada da transversal Tradição Viva da sua identidade, como sujeito eclesial, que na pessoa de Jesus Cristo tem o seu fundamento e a sua inspiração. A Igreja está fazendo a sua mais autêntica e genuína memória. 
Com a celebração do Dia Mundial do Pobre, que tem que ser acolhida à luz do grande Jubileu da Misericórdia (cf. Misericordia et Misera, 21), o Pontífice coloca a Igreja na atualidade para que possa testemunhar que a misericórdia é testemunhada não só com palavras, mas também com obras. Sem dúvida, o que está sendo levado em consideração é uma Igreja pobre e para os Pobres. 
Na homilia da Santa Missa, do dia 19/11/17, Francisco afirmou que “a omissão é também o grande pecado contra os pobres. Aqui assume um nome preciso: indiferença. Esta é dizer: Não me diz respeito, não é problema meu, é culpa da sociedade. É passar ao largo quando o irmão está em necessidade, é mudar de canal, logo que um problema sério nos indispõe, é também indignar-se com o mal mas sem fazer nada. Deus, porém, não nos perguntará se sentimos justa indignação, mas se fizemos o bem”. Com isto, ele provocando a responsabilidade de todos. Um ser humano não pode ser indiferente ao sofrimento do outro, que tanto quanto deve ter a sua dignidade reconhecida e respeitada integralmente.
Para a Igreja, essa opção, é um dos elementos da necessária reforma pensada por Francisco; pois, deste modo, ela estará sendo fiel à boa notícia do Reino de Deus (cf. Lc 4,18; Mt 25, 35-45), que coloca o Pobre no centro da proclamação. A opção preferencial pelos mais pobres dos pobres está na raiz da Divina Revelação, não limitadamente como categoria sociológica; mas, como categoria teológica, tendo em Jesus Cristo o fundamento hermenêutico desta opção necessária.  A afirmação de Bento XVI, no seu discurso de abertura da V Conferência de Aparecida, sobre esta questão é lapidar: “A fé nos liberta do isolamento do eu, porque nos leva à comunhão: o encontro com Deus é, em si mesmo e como tal, encontro com os irmãos, um ato de convocação, de unificação, de responsabilidade em relação ao outro e aos demais. Neste sentido, a opção preferencial pelos pobres está implícita na fé cristológica naquele Deus que se fez pobre por nós para nos enriquecer com a sua pobreza” (cf. 2Cor 8,9). 
Consideremos esse ensinamento do atual Bispo Emérito de Roma e o coloquemos no que é pungente para que todos os cristãos façam essa opção eclesial como uma resposta à nossa filiação divina e como uma atitude de fé indissociável do que celebramos e somos chamados a testemunhar, na busca pela santidade e sinal de conversão ao Reino de Deus (cf. Mc 1,15).
O Papa Francisco ensina que a conversão eclesial, ou reforma, como possa acolhido pelos homens e mulheres de boa vontade, é fruto da conversão pessoal. Assim o asseverou no seu discurso de Natal à Cúria Romana, em 2016: “Nesta perspectiva, é preciso destacar que a reforma será eficaz única e exclusivamente se for implementada com homens «renovados» e não apenas com homens novos. Não basta contentar-se em mudar o pessoal, mas é preciso levar os membros da Cúria a renovar-se espiritual, humana e profissionalmente. A reforma da Cúria não se atua de forma alguma com a mudança das pessoas – que, sem dúvida, tem acontecido e acontecerá – mas com a conversão nas pessoas. Na realidade, não basta uma formação permanente, é preciso também e sobretudo uma conversão e uma purificação permanente. Sem uma mudança de mentalidade, o esforço funcional não teria qualquer utilidade”. A consideração de Francisco é colocar no centro das instituições e na vida de cada membro da comunidade eclesial a certeza de que o referencial da sua fidelidade aos ensinamentos do seu Único Senhor é o Evangelho, que é a fonte da nossa sublime alegria (cf. EG, 1).
Para o Mundo globalizado, o que Francisco trás e impulsiona é uma verdadeira revolução. O Cardeal Kasper falou de uma revolução da ternura, que estava sendo fomentada pelo atual Pontífice. Talvez, o que estamos percebendo é a “revolução da misericórdia”, que não gera só vida na Igreja; mas pode ser a força transformadora desta sociedade que globalizou a indiferença. Há desavisados que têm medo da expressão “revolução”. Contudo, um discípulo missionário de Jesus Cristo, convertido ao Evangelho, é enviado a ser no Mundo um revolucionário. Não pela força das armas e da violência, seja essa física ou verbal, como infelizmente estamos vendo nos tempos hodiernos; mas, pela força transformadora da verdade do Evangelho. O Cristão não pode trair a Boa Notícia de Jesus Cristo. O Cristão é chamado a ser alma do Mundo, um sinal de contradição contra tudo aquilo que é próprio do projeto salvífico de Deus para todos os seus filhos, como tão conscientemente ensinaram os Padres da Igreja, configurando assim os detalhes irrenunciáveis do que é a límpida Tradição Viva da Igreja (cf. Dionieto, Pastor de Hermas).
Diante de tantas injustiças sociais, fome, imigrantes que saem de suas terras de origem, crise ecológica, ameaças de guerra, intolerâncias religiosas e étnicas e assim por diante, o Mundo pode e deve sentir-se provocado pela Igreja, através da atitude do Papa Francisco, a pensar que civilização estamos construindo e que futuro está sendo preparado. Os Cristãos pelo amor, que gerou serviço e vida para todos, sempre questionaram o Mundo (cf. Jo 13, 13-15). Não foi por questões e aparatos secundários. Lembremo-nos sempre que a vitalidade da Igreja, nos seus momentos de crises históricas teve no testemunho dos santos e mártires o seu baluarte. Essa revolução que a verdadeira vida cristã pode promover só pode acontecer quando o que a conduz é abertura a estes sinais dos tempos. O Espírito Santo pode motivar em cada Cristão e demais Homens e Mulheres de boa vontade, sejam quem forem, estejam onde estiverem, a fazer esse caminho de  adesão ao Bem que todos precisamos acolher.
Por fim, tantas questões nos são postas. O caminho é o da esperança e do amor. Não podemos deixar de acreditar, mesmo que vejamos a passagem do mal e de sinais sombrios em tantos lugares e instituições. Não esqueçamos: a história não começa conosco, nem termina conosco! Com ela podemos contribuir, sabendo que a mesma pode ser qualificada pela ação misericordiosa e amorosa de Deus, que é Pai. Vamos nos converter, para que nos renovemos e revolucionemos o Mundo com a Alegria do Evangelho. Assim o seja! 
Pe. Matias Soares