MENU

Na certeza de perder a eleição, Agripino desiste do Senado e vai disputar Câmara Federal

SEGUNDA-FEIRA
25 JUNHO
Com processos pendentes envolvendo o recebimento de supostas propinas durante a construção da Arena das Dunas, em Natal, o senador e até dias desses presidente nacional dos Democratas, José Agripino Maia, deve anunciar nos próximos dias a desistência de sua candidatura à reeleição. 
Em troca, vai disputar uma cadeira de deputado federal. Pelo planejado, sacrificará o filho, Felipe Maia, super empolgado com a política, menino já rico na vida, com vários mandatos na Câmara dos Deputados. 
Agripino usará como argumento que estará abrindo mão da candidatura para fortalecer a chapa do pré-candidato a governador do RN, Carlos Eduardo Alves, uma vez que o deputado federal Antonio Jácome somará com a chapa, sendo candidato ao Senado, no lugar dele, Agripino. A chapa está de olho nos votos do segmento evangélico, que Jácome agrega em torno de si. 
A chapa majoritária será assim fechada: Carlos Eduardo para governador, Jácome e Garibaldi Filho para o Senado. 
Agripino, com isso, tem certeza de que garantirá o mandato de federal, uma vez que levará os votos de parte de sua base eleitoral e a base do filho, Felipe Maia, que estará sendo preparado para ser candidato a prefeito de Natal, daqui há dois anos. 
Falta esta galera combinar com o povo. 
Nas últimas eleições se viu um grupo de políticos super poderosos numa mesma chapa perder as eleições. O povo está por aqui com a classe política. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário